quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Esboço ''

- Não bata a porta, por favor! , disse ela antes que ele saísse
-Por quê? Perguntou ele
  Ela simplesmente respondeu: - Ainda tenho esperanças de que o amor da minha vida entre por ela para me fazer muito feliz!
– Então eu já sou tão insignificante assim? – Já espera outro em meu lugar ?
– Não, não é nada disso!
– Então o que é?
–Meu bem, você não entendeu, não quero que bata a porta porque vou esperar o tempo que for preciso, o tempo que for necessário para você entrar por esta porta e perceber que não há você sem mim e que eu não existo sem você! ­– Mas se quer saber, bata se quiser, mas eu sempre estarei aqui depois dessa porta, esta mesma que nos limita agora, para até o quando você voltar... !

((Silêncio...) E agora só se pode ouvir um barulho de uma porta bater, de malas sendo jogadas no chão e um Terno beijo).

 
"Não importa o tentar negar, esconder, quanto mais se omite mais cresce, se você abrir seus olhos vai perceber que existe um sentimento muito maior do que imagina, e meu bem não tenha medo desse amor, eu estou abrindo os meus olhos agora..."

Nenhum comentário:

Postar um comentário